A toponímia faz parte do projeto STARgal 2021 do IES A Cachada de Boiro

STARgal é um projeto da Equipa de Dinamização Linguística do IES A Cachada de Boiro, que nasceu em 2016 visando “demonstrar que as TIC e o galego podem, e devem, andar de mãos dadas se queremos construir uma sociedade mais sólida e preparada”.

Baseia-se numa amostra e num concurso de produtos TIC (provas de robótica, 'videoclips', curtas-metragens, reportagens, vídeo-poemas, videojogos ...) realizados em galego e fazem parte das atividades programadas em torno da figura homenageada todos os anos no Dia das Letras Galegas. Estas Olimpíadas tecnológicas entre diferentes centros educativos representam uma abordagem totalmente inovadora à aprendizagem e normalização da língua galega, pelo que foram merecedoras de vários prémios de Inovação em Dinamização Linguística concedidos pela Conselharia da Educação.

Nesta valorização da nossa língua através das novas tecnologias enquadra-se perfeitamente um projeto colaborativo como o Galicia Nomeada, uma app feita em galego para salvaguardar e divulgar o património imaterial da Galiza na web. Por esta razão, neste ano de 2021, as equipas da Biblioteca e de Dinamização Linguística do IES A Cachada decidiram incluir este projeto nas atividades programadas para homenagear a figura de Xela Arias (vídeo STARgal 2021).

A Equipa da Biblioteca, em conjunto com o Departamento de Geografia e História, com o extraordinário envolvimento da professora Alba Pérez Argibay, organizou uma palestra de formação em toponímia para alunos do 2.º ano do ESO na Casa da Cultura de Boiro, uma semana antes da celebração do Dia das Letras Galegas. Este workshop foi ministrado por Vicente Feijoo Ares, coordenador técnico de Galicia Nomeada, e nele explicou aos alunos e professores auxiliares como funciona a aplicação para a recolha de microtoponímia, o potencial didático de trabalhar com a toponímia local em sala de aula e a origem e significado dos nomes das freguesias e aldeias do concelho de Boiro.

A partir desse momento, outros professores do Departamento de Geografia e História passaram também a estar envolvidos no projeto, é o caso de Manuel Alonso García e Carmen Vázquez Dieste; da Biologia, Gloria Santos Molina; de Tecnologia, Ana Fernández Moreiras; e Matemática, Álvaro Crego Deán. Todos eles envolveram um bom número de alunos na recolha de microtopónimos de diferentes freguesias do concelho de Boiro. No final do ano letivo, este grupo de alunos do 2.º e 4.º ano do ESO já tinha 247 microtopónimos registados na plataforma Galicia Nomeada. Numa nota positiva, gostaríamos de salientar que estes alunos também conseguiram envolver muitas das suas famílias no registo no sistema e na adição dos nomes das suas terras.

StarGal

Uma das atividades de maior sucesso no próprio Dia das Letras Galegas esteve relacionada com o uso do Galicia Nomeada para encontrar alguns topónimos que aparecem no livro Non te amola! de Xela Arias e em que participou o alunado de todo o centro. Os professores acima mencionados conceberam esta atividade tendo em conta que os poemas e histórias de Xela Arias têm uma presença importante no território galego. O principal objetivo do projeto era que os estudantes conhecessem a ferramenta de colaboração utilizando o visualizador de toponímia para responder a 6 perguntas nas quais tinham de procurar topónimos relacionados com o lobo e outros nomes de lugares específicos, presentes em diferentes fragmentos desta obra narrativa, tais como Caaveiro, Ortoá, Mouzós, A Fonte Fría, Riobó..., bem como indicar em que freguesia e município se encontravam.

Do projeto Galicia Nomeada, parabenizamos o professorado e alunado do IES A Cachada de Boiro pela realização desta bela atividade que caracteriza os lugares da infância emocional de Xela Arias, pela participação no nosso projeto de salvaguarda da microtoponímia galega e pela realização, durante 6 anos consecutivos, de um projeto tão inovador para o nosso idioma como o STARgal.