O IES Illa de Arousa junta-se ao projecto Galicia Nomeada

O IES Illa de Arousa junta-se ao projecto Galicia Nomeada

As alunas e os alunos do IES Illa da Arousa são os novos colaboradores do Galicia Nomeada. A Equipa de Dinamização da Língua Galega do centro acaba de lançar o projeto "TopArousa", uma iniciativa para recuperar e conhecer os nomes das terras e do mar que rodeiam toda a ilha em que a rapaziada do terceiro e do quarto ano do ESO vai descobrir a história deste paraíso natural . 

O projeto foi promovido pelo Departamento de Língua Galega, dirigido por Fe Souto, em colaboração com a Equipa de Dinamização Linguística, coordenada por Helena Domínguez García. Sandra Beis, professora de Língua Galega e responsável pela Biblioteca, também colabora com eles, assim como outros professores do centro, que colaboram com a equipa de dinamização. Helena Domínguez, natural da ilha, já tinha começado há anos a recolher microtopónimos no blog "Na Illa", que inclui uma secção chamada Talasonimia da Arousa. Agora tentam dar mais um passo, expandindo a lista de nomes de lugares e georreferenciando estes e muitos outros nomes da terra e do mar.

Desta forma, os alunos buscarão informações entre parentes e vizinhos mais velhos, que ainda conservam na memória os nomes de muitos lugares, para inventariar a microtoponímia da ilha e investigar as suas origens. Posteriormente, irão inserir cada um dos nomes indicados pelos moradores através da aplicação Galicia Nomeada, ficando assim georreferenciados e disponíveis para todos os utilizadores da rede. Esta proposta educativa é de vital importância para a salvaguarda do património imaterial de Arousa, pois na ilha de Arousa não tinha sido feito nenhum trabalho de recolha aquando do desaparecido projeto Toponimia de Galicia. 

O projeto TopArousa consiste em várias fases. Na primeira, Helena Domínguez, contactou a coordenadora técnica do projeto Galicia Nomeada para formação de alunos. Assim, no dia 25 de abril, Vicente Feijoo deslocou-se ao IES para dar ao alunado de 3.º e 4.º ano do secundário duas palestras informativas sobre a importância da toponímia galega como património cultural, falar sobre a urgência da sua recuperação e de como utilizar a aplicação Galicia Nomeada para carregar esta informação cultural para a web. Além disso, também explicou a etimologia ou significado dos nomes dos diferentes bairros em que o alunado que vive nesta ilha.

O passo seguinte foi começar a trabalhar e apresentar ao alunado a toponímia local no terreno, através de uma visita guiada. Nesta mesma semana, começaram as rotas toponímicas em torno da Ilha de Arousa. De acordo com uma notícia publicada estes dias no Faro de Vigo, estes passeios começam na zona da Abilleira e vão até um dos bairros mais antigos da ilha, a Pedracerrada. Dali seguem para o Portiño, “uma pequena praia, agora convertida em passeio, onde se amarravam as dornas (na Galiza, pequenas embarcações) e que estava intimamente ligada à conserva. O Regueiro, a rua do Con do Moucho, A Igrexa e A Torre são outros pontos ao longo do percurso. 

A rapaziada não conhecia a maioria dos nomes e ficaram surpreendidos com a grande riqueza toponímica à sua volta. Esta curiosidade fará com que continuem a perguntar aos mais velhos sobre muitos outros microtopónimos que nos contam a história desta ilha e das pessoas que a povoaram. 

Desde o Galicia Nomeada agradecemos e aplaudimos esta iniciativa do IES da Illa de Arousa para a salvaguarda e valorização, perante as novas gerações, de centenas de nomes que estavam destinados a desaparecer.
 

 

Galería de imaxes
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
  • Toponimia Illa de Arousa
Tipos