Os miúdos de Meaño "toponomizaram-se"

Nesta sexta-feira, Toponimízate. Falámosche dos nomes da túa terra fez uma paragem "telemática" em Meaño. Graças ao canal de Youtube da Real Academia Galega, o alunado do IES de Meaño, do CEIP Coirón-Dena e do CEIP As Covas, assim como as pessoas que se aproximaram da Casa da Cultura de Dena, ficaram a saber da importância da nossa toponímia como património imaterial dos galegos sem sair das suas escolas ou das suas casas. A atividade, que começou às 11h00, também poderá ser acompanhada a través desta páxina onde também é possível ver o vídeo completo da reportagem

O evento procurou novos e novas colaboradores, entre os miúdos de Meaño e o seu professorado, para a aplicação Galicia Nomeada, a plataforma com que a Real Academia Galega, em colaboração com a Secretaría Xeral de Política Lingüística, está a salvaguardar a toponímia e a microtoponímia tradicional galega. O risco de desaparecimento de nossos topónimos é, se calhar, maior em municípios como Meaño, onde não foi realizado o trabalho de recolha do Proxecto Toponimia de Galicia. Daí a importância de registar a toponímia e microtoponímia de Meaño e de envolver os miúdos nessa tarefa.

Além do funcionamento da plataforma, os participantes conheceram o significado de seus topónimos, ou pelo menos as principais hipóteses sobre a sua origem. É o caso do nome do município, Meaño, ainda hoje obscuro para nós. Foi explicado como um topónimo pré-romano possivelmente relacionado com as águas e também através de uma forma céltica paralela do latim MEDIANUM, que poderia definir Meaño como um lugar situado no meio de duas rias. Outros nomes de Meaño de que não sabemos a origem são Dena, talvez pré-romano, e Lores, possivelmente relacionado com o rio Lor.

Precisamente nestas duas freguesias, em Dena e Lor, encontramos dois nomes que pela sua proximidade fonética e espacial podem estar relacionados. São Vilarreis e Nantes de Reis, cujo segundo elemento, Reis, remete-nos a dois lugares de reguengo, ou seja, de pertença real. Se em Vilarreis podemos vislumbrar uma antiga Vila de Reis, já Nantes relacionamo-lo com uma raiz celta NANT- com o significado de "vale" que deu origem também à vila francesa de Nantes.

Esta segunda-feira, nova palestra telemática no Barco de Valdeorras

A campanha do Toponimízate não para: nesta segunda-feira, O Barco de Valdeorras será o destino da última das palestras online desta temporada. O encontro será a partir das 15h40 e contará com a presença de alunos dos estabelecimentos de ensino do IES Lauro Olmo, IES Martaguisela e também das pessoas que se aproximarem da Casa da Cultura e da Sala de Aula CEMIT do Barco de Valdeorras.

Assim como a palestra de Meaño, pode ser acompanhada no canal do Youtube da Real Academia Galega e desta página.

 

Galería de imaxes
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Toponimízate Meaño
  • Casa da Cultura Dena
Tipos